Universitários tiram dúvidas de contribuintes de como declarar imposto de renda pelo WhattsApp

Interessados em esclarecer dúvidas, podem entrar em contato com o coordenador da gradução de contabilidade da Estácio Amazonas, Jean Amorim

Vinte e quatro universitários da graduação de contabilidade da Faculdade Estácio do Amazonas disponibilizaram seus contatos pelo aplicativo Whatstapp para ajudar contribuintes, que tenham dúvidas quanto à declaração do imposto de renda, que encerra no próximo dia 30. Para tirar dúvidas sobre a Declaração Anual de Ajuste do Imposto de Renda, basta entrar em contato pelo WhattsApp com do professor do curso de contabilidade, Jean Amorim (98137-2877), que  ele direcionará a um universitário disponível.

A iniciativa faz parte de uma parceria da Estácio do Amazonas com a Receita Federal do Brasil, onde através do NAF (Núcleo de Apoio Contábil-Fiscal), permite que os acadêmicos devidamente treinados possam orientar aos contribuintes no preenchimento da Declaração Anual de Ajuste do imposto de Renda.

Conforme, o professor da gradução de contabilidade, Jean Amorim, que realiza os trabalhos sob o comando da coordenadora Paula Roberta Menezes, as dúvidas mais frequentes que os universitários recebem são: quais documentos pode ser utilizado? como será fiscalizado? quais despesas podem ser dedutíveis? quais dependentes posso declarar? não possuo renda formal, preciso declarar? “O NAF tem o objetivo de multiplicar os polos de atendimento da Receita Federal do Brasil, portanto a Faculdade Estácio se torna uma ‘unidade de atendimento da RB’”, explica o professor.

“Os acadêmicos disponibilizados são frutos de treinamento específico e capacitação, para que possam ter mais contato com a profissão no Curso de Ciências Contábeis, inciando as práticas de consultoria tributária e orientações ao contribuinte do DIRPF, como requisitos da matéria de Práticas de Estágio. Não é permitido ao acadêmico cobrar qualquer valor nem elaborar a declaração do contribuinte. Orientação totalmente grátis”, finaliza o professor.

você pode gostar também