-Publi-A-

Vai começar o debate dos candidatos a prefeitura de Manaus na TV A Crítica

Candidatos participarão de programa que será mediado pelo repórter da Rede Record, Lúcio Sturm (ao centro). (Fotos: Evandro Seixas)

Os sete candidatos participantes chegaram aos estúdios da TV A Crítica dentro do horário estipulado para a realização do debate, que começa às 21h45

Janaína Andrade | Acritica

Manaus (AM) – Na chegada para particiar do debate da TV A Crítica, que acontece às 21h45 deste domingo, quatro dos sete candidatos a prefeito que participam do programa mostraram confiança na apresentação das propostas.

Devem participar do debate os candidatos Marcelo Ramos (PR), Artur Neto (PSDB), o vice-governador Henrique Oliveira (SDD), os deputados federais Hissa Abrahão (PDT) e Silas Câmara (PRB) e os deputados estaduais José Ricardo (PT) e Serafim Corrêa. Luiz Castro (Rede) e Queiroz (Psol) não participam por motivo de restrições da lei eleitoral.

O debate será exibido logo após o Domingo Espetacular, com a apresentação do repórter da Rede Record, Lúcio Sturm. O programa terá três blocos, os temas serão livres, com as perguntas sendo feitas entre os candidatos.

O primeiro a chegar foi o candidato Serafim Corrêa, que veio acompanhado de sua candidata a vice, Cristiane Balieiro, e de assessores. “Esse debate gira em torno do que cada um pretende fazer. E nós pretendemos abordar coisas boas. A nossa chapa é composta por mim e pela professora Cristiane. Vamos falar do nosso programa como um todo”, declarou Serafim.

Henrique Oliveira chegou em seguida, acompanhado pelo candidato a vice Alessandro Bronze. “Estou muito feliz com esse debate e a novidade é  a participação do Artur Neto, que é uma boa notícia, pois é sinal de que ele está preocupado de não chegar no 2º turno e a gente vai ter a oportunidade de fazer questionamentos que não puderam ser feitos  devido devido a ausência dele. E a gente vai tocar no no que a pessoa que está domingo a casa quer ouvir,  que são as propostas”, destacou Henrique Oliveira.

Marcelo Ramos e Silas Câmara chegaram em seguida, com Hissa chegando por volta das 20h30. Pouco depois das 20h30, chegaram os candidatos José Ricardo e Artur Neto, atual prefeito e que disputa a reeleição.

“Sempre há uma expectativa muito boa em relação a um debate, principalmente para quem chega aos sete dias da eleição com o sentimento de dever cumprido, de ter apresentado propostas para resolver os problemas da cidade de Manaus. Vou destacar de forma muito clara o nosso comprometimento com a melhoria da segurança pública, que é um tema que a população  em sua maioria está registrando que precisa ser tratado com responsabilidade, com muito compromisso”, afirmou Silas.

“A nossa expectativa é a de sempre, que seja um debate de propostas e que não descambe para a baixaria, apesar do desespero da outra candidatura. Nós vamos tentar manter um clima de esperança,  de quem deseja apresentar propostas para avançar em relação aos problemas que a nossa população enfrenta. Eu acho que é o momento de discutir o transporte, trânsito, mobilidade urbana, diante do caos que foi estabelecido na nossa cidade com essa atitude  equivocada e descuidada do prefeito em implantar a faixa azul, sem planejamento”, destacou Marcelo Ramos.

“Vou ficar em propostas. Com essa nova roupagem da propaganda eleitoral, um espaço  como o de um debate é cada vez mais importante para falar e destacae as propostas, como, por exemplo, a construção do condominio e do Hospital do Idoso, que são ideias importantes para melhorar a vida da população”, afirmou Hissa, na chegada à TV A Crítica.

“Essa é mais uma oportunidade para apresentarmos as várias propostas que temos para mudar mudar cidade, sempre preocupado, claro, com a juventude, com o nosso projeto do Passe livre. Mas principalmente  para que a gente possa colocar para a população a mudança de verdade que estamos propondo para a vida. Existe muita maquiagem em algumas candidaturas e aquela história de que só tem dois na final, mas não existe isso. E nós vamos estar defendendo hoje, portanto, propostas viáveis  para mudar a cidade”, afirmou José Ricardo.

Candidato à reeleição, o prefeito Artur Neto participa pela primeira vez de um debate nesta campanha e disse que está bem preparado para este momento. “O debate faz parte da minha rotina de vida. São 20 anos de parlamento, sempre em funções de liderança. Se eu tivesse um dia a mais de vida para cada debate que já participei..”, afirmou o prefeito, que chegou faltando sete minutos para o limite estipulado nas regras do programa.

Propostas

Marcelo Ramos (PR), da coligação ‘Mudança para Transformar’, tem entre as principais propostas de serviços, voltados para a qualidade de vida da população, os programas ‘Saúde em Minha Casa’; Programa Mãe; Farmácia Cidadã; Assistência Social; Cidade Segura; SIM – Sistema Inteligente de Mobilidade (trânsito e transporte coletivo); Tempo de Aprender e Jovens de Futuro.

 Artur Neto (PSDB), da coligação ‘Por uma só Manaus’, que concorre à reeleição, tem entre as principais propostas, os seguintes programas: Manaus Bike (rede de ciclovias integradas aos modais da cidade, com implantação de bicicletários e outros equipamentos públicos de apoio ao ciclista, nos principais pontos da cidade); Remédio em Casa (entrega de medicamentos da Cesta do SUS aos pacientes idosos, com doenças crônicas e pessoas com deficiência cadastrados na rede municipal); Manaus das Luzes (modernização da Rede de Iluminação Pública nos bairros de Manaus, universalizando a iluminação a LED); Manaus Panorâmica (construção de 5 terminais de embarque turísticos na orla de Manaus: Tupé, Ponta Negra, Centro, Encontro das Águas e Remanso do Boto).

O vice-governador Henrique Oliveira (SDD), da coligação ‘Pra Manaus Vencer’, possui entre as principais propostas, a construção de subunidades de serviço da Prefeitura em cada zona da cidade, funcionando como Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC); criação do programa Manaus Inteligente, para automatizar ao máximo os serviços públicos e facilitar a vida do cidadão com apoio da tecnologia; Ampliação e treinamento da Guarda Municipal, com uso de armas não letais e foco nas ações defesa do espaço público.

Hissa Abrahão (PDT), da coligação ‘Novas Ideias, Novos Caminhos’, apresenta, entre as propostas, a Criação no contraturno das escolas (Ensino Fundamental e Médio) de atividades extras; construção 6 Policlínicas municipais; Criação do Prontuário Eletrônico da Prefeitura e aplicativo popular de telefone; Parceria Público Privada (PPP) para a criação de um Hospital Público Veterinário de Manaus; Criação de um bairro indígena com acesso a palha e construção de uma grande maloca.

Silas Câmara (PRB) , da coligação ‘Somos Todos Manaus’, tem entre as principais propostas, o projeto Somos Todos Esporte (Ampliação e recuperação dos campos de futebol da comunidade para servirem de porta de entrada no projeto); Criar o Programa Cadeia Produtiva de Alimentos integrando o poder público, o investidor, o produtor, o comerciante e o consumidor, no objetivo de produzir a baixo custo e promover a geração de trabalho e renda; Gabinete Itinerante; Criar e implantar o CONSEP – Conselho Municipal de Segurança Pública, para debater e planejar o Plano Municipal de Segurança Pública e acompanhar as ações de segurança.

José Ricardo (PT), da coligação ‘Compromisso com o Povo’, possui entre as principais propostas: Disponibilizar todas as informações juridicamente possíveis da administração municipal por intermédio de mídias eletrônicas, portais e outros meios; Promover a participação popular nas três etapas que integram a elaboração do orçamento: Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA); Garantir atenção humanizada às gestantes; Criar o Memorial dos Povos Indígenas.

Serafim Corrêa (PSB), afirma em seu plano de governo que, se eleito, seus auxiliares serão escolhidos pelo mérito, confiança e competência, e Qualificar os funcionários que atendem ao cidadão nas repartições de tal forma que os serviços sejam prestados com respeito e atenção.

Entre os projetos de governo de Serafim, se destacam: UM TABLET POR ALUNO – Cada um dos alunos do ensino fundamental da rede municipal terá um tablet como se fosse um livro para que possa ser incluído digital e socialmente; Criar 50 vagas de gestor municipal que serão admitidos mediante concurso público para os formados nas áreas de administração, contabilidade, direito, economia e engenharia.

O debate inicia às 21h45 na TV A CRÍTICA, canais 04 (aberto) | 14 (NET), e será transmitido também pelo portal A CRÍTICA e pelo app A Crítica Play.

você pode gostar também