-Publi-A-

Vazante: Nível do Rio Amazonas diminue e órgãos de segurança monitoram Parintins

Eldiney Alcântara | 24 Horas

[email protected]

O nível do Rio Amazonas está baixando gradativamente. Defesa Civil, Prefeitura de Parintins e demais órgãos de segurança acompanham a descida das águas para ações nas áreas afetadas. Nesta sexta-feira, 11, a elevação do rio estava apenas 9,27 metros, maior somente 06 centímetros da cheia comparativa de 2009. O fato marca o início da vazante na região que foi castigada pelo fenômeno natural.

A Defesa Civil mantém monitoramento na cidade. Segundo o coordenador do órgão, Adriano Aguiar, “a parte mais crítica do impacto da cheia de 2021 já passou”. Ele informa que a enchente atingiu mais de 10 bairros e foram construídas cerca de 5 mil metros de pontes. “A gente está desenvolvendo uma logística pra depois da descida das águas ter a recuperação das áreas”, explicou Adriano.

Com a vazante, ruas que estavam interditadas, devido a construção de pontes de madeira, começam a ser liberadas para o tráfego de veículos. Nesta manhã, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, SEMOSP, deu início a remoção de pontes na rua Uaicurapá, bairro São Francisco, uma vez que parte da via não está mais alagada. “Depois que sair essa água toda vai ficar só um buraco, porque as ruas estão danificadas. A gente está pedindo pro prefeito dar uma olhada. A gente espera ajuda dele”, pediu a moradora da rua Alcides Seixas, Neia Colares.

Segundo o secretário da SEMOSP, Albano Albuquerque, uma programação está montada para atender as áreas que foram atingidas pela enchente. Ele afirmou que, além da remoção das pontes, as ruas receberão limpeza e serão atendidas pela Operacao Tapa Buraco ou recapeamento asfáltico, dependendo da necessidade.

“Vamos fazer essa limpeza nas ruas para dar mais segurança também aos moradores pra voltarem a vida normal. Algumas ruas ficaram deterioradas, claro, por causa da água, mas já estamos fazendo esse levantamento, esse acompanhamento para que possamos fazer os reparos na rua pra trazer mais segurança também aos moradores”, informou Albano.

você pode gostar também