Veja diz que Eduardo Braga (PMDB) teve câncer na bexiga

A coluna Radar da Veja publicou neste domingo a informação de que Braga estaria com câncer.

Com o título “Braga tira licença do Senado e não vota abertura de processo” a Revista Veja na coluna Radar assinada pela Jornalista Vera Magalhães publicou na manhã deste domingo, 24, que o senador Eduardo Braga (PMDB) não votará a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no senado.

A coluna informa que o senador teve câncer na bexiga e teria engordado 30kg. Eduardo Braga, ex-governador do Amazonas, e que na semana passada deixou o ministério de Minas e Energia, não se pronunciou sobre a informação veiculada a nível nacional.

Abaixo a publicação da coluna Radar da Veja

Braga tira licença do Senado e não vota abertura de processo

Por: Vera Magalhães

Mal reassumiu o mandato de senador, o ex-ministro de Minas e Energia Eduardo Braga (PMDB-AM) já tirou uma licença médica e não vai votar a admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff no plenário do Senado.

O senador teve câncer de bexiga e, nos últimos meses, descuidou da saúde e engordou 30 kg, segundo pessoas próximas.

Durante o afastamento, a mulher e suplente do senador, Sandra Braga, não reassumirá o mandato.

Na Casa, a licença foi vista como uma forma de Braga não precisar votar a favor de Dilma. Caso se ausente, o ex-ministro ajuda o governo sem precisar votar a favor de Dilma.

Na Câmara, 100% dos votos do Amazonas foram pela admissibilidade do impeachment.

Assessores de Braga e Sandra dizem que ele voltará para votar o mérito do impeachment. Isso pode demorar até seis meses.

você pode gostar também