-Publi-A-

Vereador bolsonarista de Parintins defende não exigência da Carteira de Vacinação de Covid-19

Na segunda-feira (13/09), durante Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Parintins, o vereador bolsonarista Fernando Menezes (Republicanos) apresentou Projeto de Lei n° 23/2021 que dispõe sobre a proibição da exigência de apresentação do cartão de vacinação contra Covid-19 para acesso a locais públicos e/ou privados no âmbito do município de Parintins.

Para o parlamentar “é extremamente absurdo todo e qualquer ato que tente segregar a população ao seu direito constitucional de ‘ir e vir’, à sua liberdade de circulação, bem como ainda obstaculizar, em alguns casos, a manutenção de atividades econômicas”.

Dia 03 de setembro, durante a reunião do Comitê de Combate ao Coronavírus de Parintins, foi anunciado que a Procuradoria Geral do Município faria estudos para a exigência da vacinação contra Covid-19 para os funcionários públicos municipais.

No Brasil, o vírus já ceifou a vida de quase 600 mil pessoas. Em Parintins, totalizam 356 óbitos decorrentes da doença. Com o avanço da vacinação, os índices de Covid-19 no município caíram significativamente, sendo que desde o dia 10 de setembro o boletim epidemiológico está completamente zerado.

Conforme o vacinômetro publicado pela pela prefeitura nesta quarta-feira (15), o município já aplicou 111.016 doses da vacina no público-alvo, sendo 66.571 da primeira dose (83,7%) e 44.445 da segunda dose (56%).

Com informações da Assessoria da Câmara Municipal de Parintins

você pode gostar também