Vereador filmado sorteando ‘mensalinho’ em Coari é expulso do PSB

O vereador ‘Carlinhos do Bem’, citado nas investigações do chamado “mensalinho” de Coari foi expulso do Partido Socialista Brasileiro (PSB), no qual era filiado. Por meio de nota divulgada nesta terça-feira (18), o partido afirmou que “não compactua” com a prática denunciada ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), responsável pela investigação.

Carlinhos aparece em um vídeo feito em 2017 realizando o sorteio de uma quantia em dinheiro que, segundo o MP-AM, era uma forma do prefeito do Coari, Adail Filho (PP), “controlar” a Câmara do município. A investigação apurou que os sorteios aconteciam com frequência e eram filmados pelos próprios parlamentares para evitar fraudes.

Após o anúncio da expulsão nesta terça, a reportagem tentou contato com Carlos Endrick dos Santos Nascimento, mas não obteve resposta até a publicação deste material.

A reportagem também tentou contato com o diretório do PSB no Amazonas, mas não obteve resposta. Confira abaixo um trecho da nota de esclarecimento referente a expulsão:

“As investigações foram abertas após denúncia entregue, em vídeo, ao Ministério Público do Amazonas e ao tomar conhecimento dos fatos, a Direção Estadual do Partido Socialista Brasileiro no Amazonas, que não compactua com este tipo de prática e pelo filiado ter infringido o Art. 9º do Capítulo III, que trata da Fidelidade e Disciplina Partidária, resolve expulsar, de forma sumária, o filiado e vereador Carlo Endrick dos Santos Nascimento (Carlinhos Filho do Bem) das fileiras do Partido Socialista Brasileiro”.

Quatro vereadores que denunciaram o “mensalinho” à Justiça tiveram o mandato cassado pela Câmara Municipal de Coari. Samuel Castro (PSL), Adeva Cordovil (PTB), Ademoque Filho (PSDC) e Ewerton Medeiros (DEM) entraram com recurso sob pedido de urgência no Fórum do município, depois que o prazo para apreciação – de 20 dias – se esgotou.

Em nota à Rede Amazônica, o Tribunal de Justiça ressaltou que o processo está com a “tramitação adequada” e deve ser apreciado ainda nesta semana.

Com informações do g1

você pode gostar também