Vigilância em Saúde e Defensoria Pública ajustam atendimentos aos clientes da Caixa, em Parintins 

Parintins (AM) – Mecanismos de aperfeiçoamento e segurança, para o cumprimento de medidas preventivas da saúde da população, em decorrência do pagamento de auxílios financeiros, por conta da pandemia da Covid-19, foram debatidos na Prefeitura de Parintins, na tarde desta sexta-feira (17). A reunião foi convocada pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM).


O encontro tratou de estratégias de atendimento ao público, com a Vigilância em Saúde, Vigilância Sanitária, Caixa Econômica Federal, Loterias e Polícia Militar, devido à circulação do novo coronavírus. Os representantes dos órgãos públicos e instituições financeiras estabeleceram soluções criativas para melhorias do atendimento da população, no contexto dos auxílios emergenciais.

Há muita demanda e a necessidade de uma melhor organização e observância dos padrões de segurança em meio ao contexto da pandemia. O defensor público, Luiz Gustavo Cardoso, diz ainda que, além da necessária organização das instituições financeiras, a população precisa evitar aglomeração, para obedecer aos protocolos do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

você pode gostar também