Volta às aulas: Pais lotam comércio para comprar material escolar

Gilson Almeida24 Horas

[email protected] 

Parintins (AM) – Com a volta às aulas, os pais estão lotando os comércios da cidade para comprar o material escolar do filho. Além da busca dos materiais exigidos pela escola, os responsáveis dos alunos ainda enfrentam longas filas para o pagamento.

O funcionário público Lito Nato, de 30 anos, comprou o material escolar de seu filho, Ulisses Nato, de 5 anos, estudante do 2° período. Para ele, o sufoco do comércio lotado, o gasto do dinheiro com os objetos de estudo são investimentos na educação do filho. Ele comprou mais de 20 itens pedidos pela escola. “Esse é um ato muito importante pois é a valorização da educação do nosso filho para ele melhorar na vida pessoal e retribuir esses gastos com esses materiais”, falou Lito.

Outra trabalhadora que enfrentou o comércio lotado foi a autônoma France Farias, de 35 anos. Ela comprou o material escolar para suas duas filhas, a Maria Farias, de 7 anos, estudante do 2° período e Emanuele Farias, de 13 anos, aluna do 8° ano.

France relata que no mês de fevereiro em que a atividade escolar inicia os produtos tendem a aumentar de preço e aconselha outras mães a pesquisarem bastante antes de partirem para as compras. “Tem que pesquisar bastante porque tem locais que o preço é mais em conta. Compra um pouquinho aqui e em outro local para poder dar para comprar todo o material”, indicou France.

O comerciante Francisco Nunes, de 62 anos, natural da cidade de Sobral, do Estado do Ceará, trabalha em Parintins há 42 anos, ele comenta que prepara seu estabelecimento para já ter nos meses de novembro e dezembro todo o material escolar para seus clientes. “Durante todo o ano a gente vai comprando os produtos e colocando no estoque para logo nos meses de novembro e dezembro já estarmos preparados para o início das aulas para não ficar correndo atrás dos produtos em cima da hora, procurando sempre ter os melhores preços e ter tudo para quando um pai de família chegar conseguir comprar tudo, sem precisar ficar perambulando por aí”, disse Francisco.

Os materiais mais comprados no início do ano letivo são mochila, caderno, lápis, borracha, caneta, papel chamex branco, cola branca, entre outros.

Com o término das férias, acordar cedo acaba se tornando um desafio para muitos estudantes do horário matutino, como o caso da Emanuele. “Eu estava me acostumando a dormir até 12h por aí e agora vou ter que acordar cedo. Não queria que a aula voltasse agora não”, brincou a estudante.

você pode gostar também