DPE-AM pede para população avaliar a velocidade da internet das operadoras Vivo, Oi e Claro

A avaliação é feita por meio de uma plataforma digital

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) pede para a população avaliar a velocidade da internet das operadoras Vivo, Oi e Claro por meio da plataforma digital disponível no google.

O órgão notificou as empresas para restabelecerem os serviços de telefonia e internet no Baixo Amazonas após moradores de Parintins, Nhamundá, Barreirinha e Boa Vista do Ramos relatarem que está havendo oscilações nesses serviços prejudicando as atividades de delivery durante o isolamento social, medida que foi tomada para diminuir a proliferação do novo coronavírus na região.

Na plataforma digital as pessoas devem preencher o formulário informando idade, bairro e a cidade onde moram e a operadora que utilizam. Em seguida, devem avaliar a velocidade da internet em péssimo, ruim, regular, bom ou excelente.

O preenchimento do formulário é concluído após ser informado a velocidade da internet.

O defensor público, Gustavo Cardoso, relatou que as informações coletadas serão utilizadas como provas na Ação Civil Pública que a Defensoria irá protocolar na Justiça nesta terça-feira, 19, para obrigar as operadoras Vivo, Oi e Claro a restabelecerem os serviços de telefonia e internet no Baixo Amazonas. “A gente quer comprovar ao máximo o dano. Aí essa pesquisa vamos utilizar até umas 6 horas da noite”, informou.

você pode gostar também